Labirinto Constante

Espetáculo "Labirinto Constante"

O espetáculo “Labirinto Constante”, livre adaptação do texto “A estúpida estória de Adelaide” do autor contemporâneo Leandro Vieira, com direção de Walter Rozadilla esteve em cartaz no Teatro SESC/SENAC – Pelourinho, nos dias 04/05, às 20 horas e dias 05/05 e 12/05, às 18 e 20 horas.

 

No elenco participaram: André Carsant, Arthur Dazzani, Eddie Marques, Filipe Amoedo, Juliana Leonesy, Márcia Maria Costa, Maria Antônia Bandeira, Reni Mendes, Rita Catarina Correia, Roberta Rezende e Viviane Fraga.

 

Na equipe técnica, tivemos o prazer de contar com: Carlos Nunes no figurino e cenografia; Geovane Nascimento na iluminação; Rita Catarina Correia na revisão de texto; Walter Rozadilla na trilha sonora; Ivan Alexandre na preparação vocal; Ewerton Matos na áudio-mídia; Carlos Nunes na arte gráfica, André Carsant na edição de imagem; João Tatu na filmagem; Janaína Abdon e Maria Antônia Bandeira na maquiagem e cabelos; André Carsant, Melina Aguiar e Mônica Silveira na fotografia; Beatriz Martins e Ewerton Matos nas vozes in off; Carlos Nunes, Filipe Amoedo e Roberta Rezende na assistência de produção e Patrícia Garrido na Produção Geral. A realização é do Espaço Aberto Vánacontramão.

 

Parceiros: Officina de Madeira, Stúdio Ewerton Matos, Bortolini, Déo Carvalho, Consultório Podológico Fernando Melo, Casa do Sapateado Rachel Cavalcanti, Bagdá Tapetes e Esculturarte.

Sinopse

O Espetáculo “Labirinto Constante” é uma comédia dramática que conta a história de Adelaide, uma mulher sonhadora, que tem a chance de reviver momentos importantes de sua vida, e de alterar o rumo da sua história.

 

No desenrolar das cenas, o público tem a oportunidade de acompanhar as reações da protagonista e dos demais personagens em diversas situações, refletir sobre as atitudes destes e estabelecer um paralelo entre a ficção e a realidade.

A peça traz uma reflexão sobre a real percepção do que é uma segunda chance, se ela de fato existe, e do quanto precisamos estar atentos a sentir a vida no seu momento presente e de forma única. Com um toque de humor e graça, o espetáculo revela uma faceta dramática da vida.

Fotos do Espetáculo