Pá Lavra

Espetáculo "Pá Lavra"

O espetáculo “Pá Lavra”, adaptação do texto do autor baiano Isac Tufi, com direção de Walter Rozadilla, esteve em cartaz no Teatro Caballeros de Santiago, nos meses de novembro e dezembro de 2015. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro na categoria Melhor Atriz.

No elenco participaram: Claudia Di Moura, e Frieda Gutmann.

Na equipe técnica, tivemos o prazer de contar com:  Patrícia Garrido na assistência de direção, Fritz Gutmann na cenografia e efeitos especiais, Rino Carvalho no figurino, Ana Rita Almeida na Confecção de figurino e preparação corporal, Glória Terra na preparação vocal, Deo Carvalho na maquiagem e caracterização, Inácio Teixeira na fotografia, Evelling Castro e Taís Tardin na programação visual, Fabio Espírito Santo na concepção de luz,  Moisés Gabrielli na trilha sonora,  Ewerton Matos na áudio mídia, Patrícia Lane na redação do projeto executivo, Dra.Maria Andreatta na assessoria jurídica, Patrícia Garrido e Yunna Bamberg na assistência de produção e  Megg Chaves na produção e assessoria de imprensa.

Parceiros: MVL Incorporadora Ltda e seu novo projeto a “Mansão Conde de Castanheira”; Madeireira Cristo Rey; Azevedo Madeireira; Boca de Cena; Canal Som; Doctor Burguer; Baguette & Cia; Crepe da Cidade; Dreams Buffet; Cia da Pizza; Cerimonial Valdete Chagas; Café Maratá; Marcas Prêmios ;Academia Well; Academia Espaço 10; Mahatma Gandhi; Espaço Saúde e Beleza; Pura Beleza – Estética e saúde; Podólogo Fernando Melo – Seus pés em boas mãos; Elle Ella flores; Sigma; Rádio Globo FM; Jornal A Tarde ; IOX – Papéis especiais; Xamã – Chamas e cheiros; Abrigo Salvador; Caballeros de Santiago; Sr. Amílcar Rosa ; Julio César Habib.

Sinopse

“Pá Lavra” é um espetáculo que acontece num espaço fantástico. A ação dramática é representada por duas mulheres que passam toda sua vida alimentando o fogo de uma fornalha com a ilusão de sustentar a vida e nessa tarefa absurda são consumidas. “Pá Lavra” expressa a relação que estabelecemos com a vida no paradigma desta sociedade em que vivemos propondo uma discussão sobre a condição humana.

O universo cênico é alinhavado pela musicalidade do espetáculo que busca construir o som do silêncio. A sensação quando unimos som, imagem e emoção é a de que estamos dentro desse espaço e de que a Terra nos fala.

Fotos do Espetáculo